AutoCAD x Revit! Será o fim dos sistemas CAD de desenho???

Padrão

AutoCAD x Revit! Será o fim dos sistemas CAD de desenho???

Oi gente!

Hoje vamos falar um pouco sobre um assunto que está sempre as voltas lá na nossa pagina do facebook da A Arquiteta http://www.facebook.com/aarquiteta

Acredito eu que você já tenha ouvido falar em BIM, certo?

Huum… Just in case de você não se lembrar… BIM quer dizer: Building Information Model ou Building Information Modeling) que significa tanto Modelo de Informação da Construção quanto Modelagem de Informação da Construção. Em outra oportunidade entraremos mais afundo nesse assunto, por hora a questão é:

Muito se tem falado, que com a vinda desse novo conceito de construção de desenhos em sistemas BIM na construção civil como um todo, estaria traçado assim o fim dos sistemas CAD, ou seja, o fim do nosso querido AutoCAD, o software de representação gráfica originalmente criado para industria mecânica e que foi logo incorporado pela engenharia para construção civil.

Porém, como sempre eu tenho defendido, apesar da vinda dos softwares de sistema BIM, volto afirmar, que este não é o fim do AutoCAD, não é e não será tão cedo!

Por que???

Porque o AutoCAD é um sistema de representação gráfica mais prático e difundido de todo o mercado da área no momento! Um programa que por enquanto, ainda ocupada um espaço ainda muito significativo na vida dos profissionais da construção civil. E não só por isso, os sistemas BIM, como o Revit, archicad e outros, trabalham de forma mais complexa, e não são em todos os momentos na vida do profissional, que ele vai precisar usar um programa paramétrico como os de sistema BIM!

Um exemplo simples: você projetou a casa dos sonhos do seu cliente, tudo em BIM, no Revit por exemplo, criou as pranchas da documentação, dos orçamentos, passou por todo o processo de controle da construção, compatibilização de projetos, executou até a obra, em fim… fez tudo bunitinho…. porém alguns pequenos desenhos podem surgir antes, durante e até depois desse processo. Desenhos de representação simples, não paramétrica como, um projeto de uma porta personalizada para o marceneiro executar, ou um acesso novo no portão de entrada de uma casa, para passar para o serralheiro reformular… Uma alteração no projeto paisagístico de um pequeno jardim… Percebe? São pequenos desenhos, as vezes desenhos até de ultima hora que não tem a necessidade de ser em BIM!

E ai você vai fazer o que? Vai desenhar a mão correndo? Nada contra, mas a gente sabe que na prática não funciona mais assim… Então ele vai estar lá! O AutoCAD ! Ele vai estar sempre presente na vida da gente. Pra desenhar QUALQUER COISA, a qualquer hora!

Então, haverá a situação certa para se aplicar o software correto! Um não substitui o outro. Cada um terá o seu espaço!

No entanto como um bom profissional antenado que você deseja ser, você vai precisar conhecer as ferramentas desses programas, vai precisar conhecer o que cada um deles faz para saber o momento certo de optar por um ou por outro, a fim de obter o melhor deles não só no resultado final do seu objetivo, mas também no fator produtividade.

Adianta gastar horas pra desenhar um detalhe em um programa BIM, como Revit e etc, sendo que no AutoCAD você faria em muito menos tempo, até mesmo com um resultado final mais apropriado, coerente para a situação?

É preciso conhecimento para se ter bom senso na hora de escolher o que é melhor para você! Não é porque a roda foi inventada que nunca mais ninguém vai andar a pé, não é verdade?

Por tanto não é uma questão de gostar mais desse ou daquele programa, desse ser ultrapassado e o outro não… Pense nisso! E pense com sua cabeça! Não adote procedimentos ou rotinas de trabalho de outras pessoas porque esta é a grande novidade do momento! Você deve sim se atualizar, mas toda mudança deve ser adotada com consciência. Invista no novo e migre aos poucos! Pois o melhor software para ser usado por você é aquele que você domina!

Então gente, você que está entrando agora para o mundo da arquitetura e está louco para aprender mais sobre BIM: Corra sim para ele, mas não se esqueça do AutoCAD! Ele desempenhara por enquanto, um papel significante na sua vida profissional.

Da mesma forma em que hoje desenhamos através dos computadores e nunca deixamos de desenhar também a mão, com o lápis, o AutoCAD vai estar aí para nos assistir em nossos desenhos de pura representação gráfica!

Luciana Paixão
Arquiteta

Conheça meu novo e-book: Projetos de Prefeitura, o Manual do profissional autônomo da construção civil.

WebSite: https://www.aarquiteta.com.br/loja
Curta nossa pagina no Facebook: https://www.facebook.com/Aarquiteta
Assista as aulas grátis no Youtube:http://www.youtube.com/user/lucpaixao
Assine o feed de nosso Blog: https://aarquitetadicas.wordpress.com

Anúncios

»

  1. Muito bom !

    Mas lembrando que estas pequenas representações gráficas, podem ser mais facilmente feitas em Sketchup, na verdade acho até mais fácil de desenhar e representar, principalmente para marceneiros e serralheiros.

    Não sei, mas acho que o Autocad para Arquitetura, está ultrapassado(na verdade acho que nunca serviu, foi adaptado), não pelo programa que tem um poder vetorial gigante;

  2. Luciana, bom dia!
    Primeiramente parabéns pelo blog!!!
    Certamente a padronização em projetos tridimensionais chegou à Autodesk, por este motivo o alvoroço no mercado é grande em torno deste assunto.
    Lembrando que é preciso certo cuidado ao se mencionar o fim de uma era somente com o Revit, pois a migração da execução de projetos em 3D já vem sendo feita a muito tempo. O primeiro projeto que participei onde a base era feita em 3D foi em 2002 com o software PDS (microstation). Para quem não sabe, projetos na área industrial já são feitos em 3D há muito tempo, onde a Autodesk havia ficado para trás, neste segmento. Até mesmo hoje ainda é muito difícil se executar projetos 3D no Revit, visto que seu objetivo não é planta industrial, já que a grande quantidade de elementos de tubulação, instrumentação, elétrica, civil, etc.
    O Revit, por enquanto, veio atender uma fatia do mercado, e até agora a grande maioria de literatura a respeito é feita por especialistas na área de Arquitetura Predial (termo comumente encontrado no mercado).
    Ainda é muito difícil dimensionar o fim do autocad, pois seu conhecimento está amplamente divulgado no mercado, nas mídias de comunicação, internet, universidades, etc. Sem contar que o fator mencionado acima como negativo, ainda é seu principal fator positivo, pois pelo fato de gerar apenas elementos gráfico ele conseguiu penetrar em todas as atividades que envolvem desenho técnico nas mais diferentes áreas do mercado de trabalho.
    Seria irresponsabilidade minha se eu não mencionasse que o Revit “SÓ” é tão mais rápido assim que o autocad para quem não conhece as variadas linguagens de programação que o Autocad adiciona em sua estrutura como o Autolisp, VBA, ARX, dotNET, etc… (Neste quesito o assunto vai longe…) onde toda inteligência e parametrização pode ser desenvolvida, e aliás, é onde o autocad mostra sua grande força (para quem conhece esse poder sabe do que falo)
    Já tive a oportunidade de conversar com pessoas que trabalham em nichos do mercado onde o Autocad auxiliado a uma boa e grande estrutura de programação dão conta do recado e agilizam os processos de desenho sem que haja necessidade de mudar para Revit.
    Vale lembrar que softwares como Ebérick, Cypecad, TQS, PDMS, PDS, smart Plant, etc, já estão no mercado há muitos anos, todos apesar de serem ótimos, são destinados à um nicho específico de atuação, onde o Revit está apenas começando. Entendo perfeitamente que a “arquitetura” estava carente de um software tão poderoso, e que as vezes plataformas poderosas demoram muito ou nem chegam para certos profissionais devido ao altíssimo custo. Dos softwares que mencionei acima existem caso onde uma licença para um usuário (por mês) custa o mesmo que o preço do Revit por ano.
    Estou começando no Revit agora, mas posso afirmar que devemos tomar muito cuidado ao se fazer certas afirmações que induzirão pessoas a ter como verdade absoluta. Mas de qualquer forma é sim uma grande ferramenta e tem por trás a maior do mercado “AUTODESK”, e isso fará a grande diferença com certeza.
    Deixo aqui, mais uma vez, meus parabéns a idealizadora deste fórum. Já acompanho seu material na net há algum tempo e acho muito bom.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s